terça-feira, 28 de abril de 2009

Estudo Bíblico: O que é fornicação?

Fornicador (a) ou fornicário (a) é a pessoa que pratica a fornicação. O único fato que legaliza a relação sexual entre as pessoas de sexos opostos (homem e mulher) é o casamento oficial. Fora dele a relação sexual é pecaminosa diante de Deus e diante dos homens. A mancebia, amigação, concubinato ou “amizade colorida” não legaliza as relações sexuais dos fornicários e/ou fornicadores. Só o casamento civil é que dá validade à união conjugal. O casamento religioso ou mesmo o “casamento comercial” não dá ao casal a prerrogativa do casamento civil, pois são regidos por leis específicas, que não o Código Civil.
Por conveniência dos fornicadores e / ou fornicários, as relações sexuais entre os amantes passaram a ser chamada de “namoro”. Mas, o verdadeiro namoro, principalmente do cristão, não envolve sexo antes do casamento. O cristão só deve praticar o sexo depois do casamento legal, ou seja, o casamento civil. Nem mesmo o casamento religioso autoriza o sexo para efeitos civis. Tanto é que, quem se casa apenas no “religioso” não pode identificar-se como casado, mesmo apresentando a certidão, pois esta não tem efeitos civis. Quem não é casado civilmente não pode ser considerado legalmente casado (a), e portanto, não está autorizado (a) a praticar o sexo. Quem pratica o sexo, sem ser casado (a), é denominado legalmente de “amante”, qualquer que seja a sua situação civil (desquitado, divorciado, solteiro, separado ou viúvo). Não há nenhum fundamento legal para um “estágio” antes do casamento, ou seja, da prática do sexo antes da celebração das bodas (casamento). A Bíblia condena a prática do sexo antes do casamento, ou fora dele. Quem pratica o sexo nessas condições é fornicador (a), fornicário (a) ou amante.
O que a Bíblia diz sobre a FORNICAÇÃO?
Vejamos a interpretação de alguns textos:
l)Pela leitura de 1Coríntios 6.10, entendemos que a fornicação, ou seja, o sexo entre solteiros, desquitados, separados, divorciados, viúvos, amigados, amasiados ou “amigos coloridos”, é pecado diante de Deus, tanto quanto os outros pecados. Não há diferença para Deus entre esses pecados, pois eles carecem de uma justificativa bíblica. Só o casamento civil é que legaliza a união conjugal. Fora disso é pecado.
2)Ao ler Atos 15.29, podemos verificar que a fornicação é um pecado, diante de Deus tal qual os outros pecados. Mesmo no mundo secular as pessoas não casadas, que praticam sexo fora do casamento, são descriminadas em algumas situações. Deus não tem por inocentes os fornicários ou fornicadores habituais.
3)Lendo Efésio 5.5 depreendemos que a fornicação leva o pecador à morte eterna, sem direito a entrar no Reino de Deus, por ser um pecado da carne que leva à morte espiritual. A fornicação é um pecado que é para a morte, assim como muitos outros pecados que a Bíblia nos mostra.
4)Com a leitura de 1Timóteo 1.9,10 percebemos claramente que a fornicação é um pecado diante de Deus, e leva para a morte eterna, assim como os outros pecados que são para a morte. Os fornicários (fornicadores) estão sob a égide da Lei de Deus, e serão julgados no Tribunal de Deus, no Juízo Final.
5)Em Hebreus 12.16 podemos entender que Deus recomenda ao (a) cristão (ã) que abstenha-se da prática de fornicação, pois por um só momento de prazer ou luxúria pode perder a sua alma e ir para o inferno.
6)Ao ler Apocalipse 21.8 podemos entender que a fornicação leva à morte da alma e, por conseqüência, a perdição eterna, com a ida do (a) fornicário (a)ou fornicador (a) para o inferno, e depois para o lago de fogo e enxofre. A fornicação e um pecado abominável diante de Deus.
Visando legalizar a situação de fornicadores que vivem em concubinato, no caso de união estável, o Novo Código Civil (Lei l0.406/03), estabelece que tal situação poderá vir a transformar-se em casamento civil, mediante pedido dos "companheiros" e assento no Registro Civil (Artigo 1.726). Com isso, a situação epigrafada estaria sendo solucionada diante de Deus e da lei dos homens.
Dr. Venâncio Josiel dos Santos Advogado, Escritor e Pedagogo - Autor dos livros “Você conhece sua Bíblia?”, “O que virá no fim dos tempos?”, “1.001 perguntas e repostas da Bíblia” e “Escritores Bíblicos”.
Fonte: Dr. Venâncio Josiel dos Santos

21 comentários:

  1. ESTE ESTUDO É MUITO BOM E INTERESSANTE PORQUE NEN TODAS AS PESSOAS SABEM O QUE É FORNICAÇÃO ESTA É UMA BOA OPORTUNIDADE PARA LER E REFLETIR.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite. Sou casado a mais de um ano apenas no civil e posso mesmo assim praticar sexo com minha esposa ? vc poderia esplanar com mais detalhes esse tema o qual achei bastante interessante ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Mas se você a ama porque não casar no religioso veja algumas observações: O casamento é um estado honroso estabelecido por Deus e santificado pela presença de nosso Senhor Jesus Cristo nas bodas de Caná da Galileia. As sagradas Escrituras dizem que o casamento dever ser honrado por todos e que representa a união espiritual entre Cristo e sua Igreja.
      O casamento dever ser contraído com reverência e no temor de Deus, considerando-se os fins para os quais foi ordenado, isto é, para o companheirismo, o apoio um ao outro enquanto viverem,
      Deus instituiu essa união a partir do primeiro casal humano no jardim do Édem, para a felicidade de toda a humanidade. Desde então, o homem e a mulher têm-se unido pelo casamento. Pode-se dizer que o casamento é o contrato legal de uma união espiritual.
      A Palavra de Deus expressa que “o casamento deve ser honrado por todos.” (Hb 13.4); assim, aqueles que se casam decidem honrar essa união.
      O Casamento foi ordenado para dar continuidade à sagrada instituição da família e para que os filhos, que são herança do Senhor, sejam criados em retidão e respeito. O casamento contribui também para o bem-estar da sociedade e para transmitir – mediante a boa ordem familiar – pureza, a santidade e a verdade de geração em geração.

      Excluir
    2. Porque esta super valorização do casamento civil em detrimento ao casamento religioso? O casamento civil só veio a ser estabelecido muito tempo depois de se encerrarem as escrituras sagradas. Não sou contra, mas o casamento religioso é o unico valido diante de Deus.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Sim. Evangélica Pentecostal - Anunciando a vinda do Nosso Senhor Jesus Cristo de Nazaré.

      Excluir
  4. Meu querido a onde vc tem base biblica e estudo que comprova que em Israel existia casamento civil, em Israel so existe casamento Rabinico para nos casamento religioso. Então se uma pessoa aceita Jesus deseja se casar porem seu conjugue não quer se casar e eles vivem juntos Há muito tempo ela ou ele so tem relação com seu companheiro então se ela morrer não tera salvação, entra em questão a seguinte questão só vou ser crente se o meu esposo for tambem e quiser casar comigo se não, não vale apena ser cristão se sei que se Deus voltar eu vou ficar achoque eseassunto e mais profundo que nos imaginamos a salvação esta acima de qualquer voltade Humana se pensamos assim a salvação do esposo esta na mão da esposa senão for casada e e a salvação da esposa esta na mão do esposo muito obrigado minha intenção não ser polemico mais e analizar os caso a biblia diz que Deus não é injusto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim, não é digno de mim; quem ...
      de mim; e aquele que não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim. A BIBLIA DIZ QUE A SALVAÇÃO É INDIVIDUAL SE O ESPOSO Ñ QUE CASAR ELA ESTÁ LIVRE PARA SE SEPARAR TEMOS QUE AMAR A DEUS ACIMA DE TODAS AS COISAS E Ñ ACEITAR O PECADO ,MEU AMIGO EM RELAÇÃO A CULTURA ISRAELITA E BRASILEIRA SÃO MUITO DIFERENTE AGORA NA BIBLIA O POVO CASAVA DE SUA FORMA MAIS CASAVA CONFORME A CULTURA .RESSUMINDO FORNICAÇÃO É PECADO ,E ESTARAS 2 NO CAMPO UM SERÁ LEVADO E OUTRO SERÁ DEIXADO!

      Excluir
    2. É um absurdo querer romper uma familia, destruir um lar, porque um dos cônjuges não aceita se casar, ou não se converteu. Se depois de crente, ele resolvesse se 'amigar' com alguem isso seria errado. Mas se ele ja vive como casado, sem o casamento civil, antes de se converter, não há o que a Igreja ser contra. Querer que alguem abandone a familia por causa disso é simplesmente ridiculo e absurdo.

      Excluir
    3. Melhor mesmo é dar uma olhada no dicionario sobre o que significa FORNICAÇÃO. Pois nada tem a ver com relações sexuais ilicitas.

      Excluir
  5. Muito bem observado Cristiano, dar respaldo bíblico de que os fornicários não herdarão o Reino do céus é fácil, isso é lógico, mas discernir o que é fornicação deixou muito vago o ensino. Condenar uma mulher que aceitou a Jesus e que tem vontade de casar-se, porém, encontra dificuldades para tal, estando ela fiel ao seu Homem, isso é muito sério, ainda bem que nós não seremos julgados por homens. Eu creio na justiça de Deus. "E Isaac trouxe-a para a tenda da sua mãe Sara, e tomou a Rebeca, e foi-lhe por mulher" (Gn 24.67), "Portanto, deixará o varão o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne"(Gn 2.24). Será se a Justiça dos homens vale mais do que a Justiça de Deus, que valor tem então o papel assinado por um Juiz autorizando o casamento Gay que já é real na Argentina? Proucuro por um conceito mais profundo sobre Fornicação na concepção Divina. obrigado
    romeu.pa@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a biblia diz o que é ligado na terra será ligado no ceu.DEUS Ñ VAI MUDAR SUA PALAVRA ELE É IMULTAVEL
      Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. (Apocalipse 21:8)

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. é pessoal o assunto tem muito a ser explorado.vejo a questão do casamento civil um tanto difícil de ser apoiada explicitamente pela bíblia. a não ser entre linhas. no caso de josé esposo de maria mãe de jesus, que estava desposado, sem relações sexuais, com maria. e paulo dizendo em I cor que se estar abrasado... Case e tantas outra referencias. e também que na forma com que a familia da antiga aliança é que oficializava o casamento. agora se essa legalidade civil que hoje cobramos dos que aceita a fé é a unica fonte de legalização.... tenho minhas duvidas.

    ResponderExcluir
  7. ola amados interessante essa questao aqui discutida deve ser mais explanada essa questao pois e muito delicado!

    ResponderExcluir
  8. Cara, você nesse artigo mistura alhos com bugalhos. Casamento civil não existe por causa de pecado. Sexo sem casar não é pecado para a lei dos homens. Tanto que o Estado é laico. O novo código civil permite até que pessoas que não estejam casadas no civil possam usufruir dos mesmos direitos e deveres, bastando para isso comprovar união estável.
    É uma visão fundamentalista da bíblia dizer que sexo antes de casar seja pecado ou mesmo que quem o pratica é fornicador.
    Fornicação não significa sexo antes de casar, mas sim práticas ilícitas de sexo. A bíblia não é clara quanto ao que seria ou não ilícito. Sexo oral, anal, nada disso está na bíblia.

    Se duas pessoas se amam e querem se unir em uma só carne, se entregar uma a outra de CORPO e ALMA, é claro que deus só pode abençoar essa união. Portanto, não há pecado em se amar.

    1 Corintios 7 diz que se casar não é mandamento, mas sim permissão. Diz ainda que quem se casa com descrente, santifica essa união por causa dos filhos, portanto, um crente não precisa necessariamente casar com outro crente.

    O casamento é como sugestão somente por causa da prostituição. Ora, se você vive uma relação monogâmica e fiel com seu(sua) parceiro(a) e confia que não haverá traição (prostituição), não tem porque se abster sexualmente!

    Sexo é vida, sexo é amor, deus é vida, deus é amor, portanto, deus é sexo! Vamos nos amar mais e segregar menos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A palavra fornicação, apesar de ser bem conhecida no meio evangélico, só aparece na Bíblia Almeida versão Revista e Corrigida, nos versículos de At 15. 29 e I Co 5.1.
      Segundo o dicionário Almeida, fornicação significa "relações sexuais ilícitas (At 15.29, RC)" . A palavra Ilícita, segundo o mesmo dicionário, significa "Que é contra a lei ou a moral (Mt 5.32, RA)". Juntando as definições, podemos definir fornicação como "relação sexual feita de forma imoral e contra a lei de Deus".
      É preciso entender que fornicação não é apenas o sexo fora do casamento, mas também adultério (Mt 5.27-28), pornografia (I Co 6.18), homo sexualismo (Rm 1.27) e até mesmo o sexo contrário a natureza, como por exemplo o sexo anal e a masturbação (Rm 1.26).
      Para Deus o sexo aprovado é somente aquele que é feito no casamento. No Antigo Testamento, o sexo era a consumação do casamento. Em Gn 24.67, a Bíblia narra o casamento de Isaque com Rebeca:
      "Isaque conduziu-a até à tenda de Sara, mãe dele, e tomou a Rebeca, e esta lhe foi por mulher. Ele a amou; assim, foi Isaque consolado depois da morte de sua mãe."
      Em I Co 6.16 a Bíblia mostra que quando um homem tem relação com a prostituta, torna-se uma só carne com ela:

      "Ou não sabeis que o homem que se une à
      prostituta forma um só corpo com ela? Porque,
      como se diz, serão os dois uma só carne."


      Uma só carne é a mesma expressão usada em Gn 2.24, texto referido a união (casamento) de Adão e Eva. Portanto, a relação sexual é a união de duas carnes em uma, o casamento.
      Desta forma não deve ser praticado por diversão ou alívio da carne; é um compromisso muito sério, e deve ser reservado para a pessoa separada por Deus para ser o cônjuge.
      A pornografia e as carícias maliciosas do relacionamento do namoro ou noivado, como já foram citadas, também podem ser consideradas como fornicação, pois enquadram-se na imoralidade sexual descrita em I Co 6.18.
      "Fujam da imoralidade sexual! Qualquer outro pecado que alguém comete não afeta o corpo, mas a pessoa que comete imoralidade sexual peca contra o seu próprio corpo."
      A masturbação e o sexo anal, são considerados como fornicação por ser contrário a natureza. Rm 1.26:
      "Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza;"
      O sexo contrário a natureza, é aquele em que usa outras partes do corpo para sua prática, como o ânus - parte anatômica com a finalidade de defecar; ou a boca - parte anatômica usada para falar, beijar, comer e respirar, e até mesmo a mão - no caso da masturbação.

      Não podemos definir beijos e carícias nos órgãos sexuais, como fornicação; se assim fora, beijar a mão ou outra parte do corpo seria pecado. O livro de Cantares, na Bíblia, trás exemplos dessas carícias.
      Se existe a prática da fornicação em sua vida, deixe-a e peça perdão a Deus. Ande em santidade é será abençoado. Os casamentos mais felizes que já pude testemunhar, foram aqueles em que os noivos se guardaram até o grande dia da noite de núpcias
      Fonte: Casais na Plenitude

      Excluir
  9. Marcelo Sander, cuidado com as palavras que usa em relaçao a DEUS, Deus é o CRIADOR da vida e do amor, e nos presenteou com o sexo, para que seja feito da meneira Dele, mas Ele é tão bom que nos deixa escolher qual caminho seguir, obedecer as ordens Dele que estão escritas na BIBLÍA ou não.
    O que esta escrito na biblía são palavras Dele, ordens, mandamentos e ensinamentos.
    DEUS NÃO É SEXO, DEUS É DEUS E ELE É TÃO SUPREMO QUE NÃO TEM COMO DEFINI-LO OU COMPARÁ-LO COM NADA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tambem acho DEUS É DEUS DE ALIANÇAS CASAMENTO É COMPROMISSO

      Excluir
  10. As pessoas tem o costume de querer moldar Deus aos seus desejos carnais e mesquinhos e tentar reduzí-lo a seu bel prazer. Deus não é sexo, Deus é Deus, e tenhamos reverencia ao seu nome.

    ResponderExcluir
  11. Achei interessante o estudo. Só quero deixar ressaltado o seguinte:

    No número 5, onde você cita Hebreus, na sua explicação você diz ..."pois por um só momento de prazer ou luxúria pode perder a sua alma e ir para o inferno."

    É claro que a fornicação é um pecado, mas o pecado tem perdão, e do jeito que você colocou, subtende-se por exemplo, que se uma pessoa reta diante de Deus, em um momento de fraqueza, cometer a fornicação, ela perderá a sua salvação. Discordo desse ponto. O servo de Deus comete pecado, mas não vive nele.
    Se um servo de Deus comete um pecado e se arrepende, Deus perdoa e esquece. Mas uma pessoa que comete o pecado, gosta e vive nele, é abominável diante de Deus.
    Há uma enorme diferença entre pecar e viver no pecado.
    Enfim, o que quero dizer é que não perdemos nossa salvação ao cometermos pecado, e sim se vivermos de maneira incorreta constante diante de Deus, se vivermos no pecado.
    Abraço a todos.

    ResponderExcluir